Rumos Ensemble - CiRAC
16929
page-template-default,page,page-id-16929,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge | shared by vestathemes.com,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Rumos Ensemble

“Tocando Portugal – recital quase um Doc” é o nome do concerto multimédia concebido e interpretado pelo “Rumos Ensemble”. Inovador e ambicioso, este projeto reúne uma seleção de música tradicional de dez regiões portuguesas, arranjadas para trio de violino, clarinete e piano; a projeção de filmes inéditos de cada região, evocando a beleza e riqueza natural e arquitetónica do nosso país; depoimentos de personalidades de proeminência regional, nacional e internacional, naturais de cada região, como António Victorino d’Almeida, Graça Morais, Janita Salomé, Carlos Alberto Moniz, Rosa Mota, Lídia Jorge, Joaquim Lopes Santana, João Malheiro, Sérgio Azevedo e Vânia Fernandes.

 

A pertinência e singularidade deste recital emergem não só da interdisciplinaridade e transversalidade artística e estilística que alicerçam a sua génese, como da vontade de três músicos eruditos com carreiras internacionais assinaladas nos quatro continentes, de olhar para o património musical tradicional português com uma energia renovadora, contemporânea, porém acessível a todos os tipos de público, do mais erudito ao mais popular. Para além da variedade e carácter eclético dos arranjos, da pertinência da recolha musical, do rigor, precisão técnica e artística dos intérpretes desta formação, a dimensão multimédia de “Tocando Portugal” desvenda, de forma sintética e apelativa, paisagens, cidades, bairros, monumentos, danças, costumes e pessoas, potenciando e reforçando a memória e a identidade coletiva do nosso povo, cuja história se confunde com a história das suas ruas, bairros, monumentos e cidades. Sob a égide do seu próprio nome, “Rumos Ensemble” levará Portugal ao Mundo.

O CiRAC está ao seu dispor para esclarecer qualquer dúvida.