VASCO DANTAS - CiRAC
16522
page-template-default,page,page-id-16522,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge | shared by vestathemes.com,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

VASCO DANTAS

VASCO DANTAS

 

Vasco Dantas, pianista português nascido em 1992 completou a Licenciatura em Música com “1ª classe & distinção” no London Royal College of Music, sob a orientação do professor russo Dmitri Alexeev e do professor sul-africano Niel Immelman. Terminou recentemente o Mestrado em Performance com nota máxima (1,0) sob a orientação do professor alemão Heribert Koch, na Universidade de Münster (Alemanha) onde foi aceite para uma pós-graduação “Konzertexamen“.

Vasco já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais.

Em 2015, estreou-se no continente asiático tocando a solo com a Hong Kong Symphonia no Hong Kong City Hall Concert Hal. Em 2014, estreou-se no continente americano tocando a solo com a Orquestra Sinfónica do Espírito Santo, em Vitória (Brasil).  Em 2013, estreou-se no continente europeu com a Orquestra Sinfónica do Porto. Em 2011, fez a sua estreia como pianista solista, na famosa “Sala Suggia” da Casa da Música, com o recital de abertura do Ciclo de Piano EDP 2011.

Tocou também a solo com imensas orquestras e já teve a oportunidade de trabalhar com maestros de renome, tais como, Misha Rachlevsky, Choi Sown Le, Dinis Sousa, Günter Neuhold, Martin André, Nicholas Kok, Nikolay Lalov, Pedro Neves, Peter Sauerwein, Rui Pinheiro e Victor Hugo Toro.

Começou a estudar piano aos 4 anos na escola Valentim de Carvalho no Porto (Portugal), e com 6 anos de idade deu a sua primeira apresentação pública, no Museu do Carro Eléctrico do Porto. No mesmo ano tocou pela primeira vez na RTP1 no programa “Praça da Alegria”.

No ano 2000, foi admitido com distinção no Conservatório de Música do Porto onde estudou com a professora sueca Rosgard Lingardson, terminando o curso com a nota máxima.

Paralelamente ao piano, aos 7 anos iniciou o estudo do violino, trabalhando com o Prof. José Paulo Jesus. Destacou-se nas orquestras “Momentum Perpetuum”, “Jovens dos Conservatórios Oficiais de Música”, Orquestra XXI e na Metropolitana de Lisboa Júnior, como concertino.

Actuou como pianista e violinista em centenas de eventos, em variadas salas de renome de 4 continentes, tais como: Tsarytsino Museum e Tchaikovsky Great Hall (Moscovo), Institut of Contemporary Arts e Steinway Piano Gallery (Singapura), London Steinway Hall, Whiteley Hall, Amaryllis Fleming Concert Hall, Regent’s Hall e Pallant House Gallery (RU); Hong Kong City Hall (China), Teatro Carlos Gomes e Teatro Municipal de Barueri (Brasil), Schumann Haus Bonn, Eurogress Aachen, Düren Schloss Burgau (Alemanha), Stockholm Royal Palace (Suécia), Teatro de San Agustin e Auditório Caixa Nova de Vigo (Espanha), Casa da Música, CCB, Europarque, Palácio da Pena, Palácio Nacional de Queluz, Fundação Calouste Gulbenkian, Grémio Literário de Lisboa, Ateneu Comercial do Porto, Teatro Helena Sá e Costa, Mosteiro de Alcobaça, Museu Romântico do Porto e Salão Árabe do Palácio da Bolsa (Portugal).

PROGRAMA CAMERTA OFP E VASCO DANTAS

L. V. Beethoven – Concerto nº 4 para Piano e Orquestra em Sol M, Op. 58

  1. Allegro moderato
  2. Andante con moto
  3. Rondo. Vivace

W. A. Mozart – Sinfonia Nº 41 em Dó M K551 “Jupiter

Allegro Vivace

Andante Cantabile

Menuetto. Allegretto – Trio

Molto Allegro

O CiRAC está ao seu dispor para esclarecer qualquer dúvida.